Pode vir a ser necessário “passaporte de vacinação” para quem quiser viajar em 2021. Na Europa e na América, está a ser considerado o uso oficial de uma espécie de certificado eletrónico de vacinação para quem viaja.

Tendo em conta as vacinas e a necessidade de quem viaja, criou-se o programa CommonPass, que basicamente é um arquivo eletrónico que certifica o estado de saúde dos utilizadores – uma espécie de passaporte de vacinação.

Para evitar a propagação do vírus, nas fronteiras internacionais a pessoa que viaja deverá apresentar um código QR onde estarão encriptados os resultados dos últimos testes à COVID-19 feitos. Para além disso, também mostrará se a pessoa recebeu as doses de alguma das vacinas desenvolvidas, bem como informações sobre o seu itinerário de viagem.

As companhias aéreas JetBlue Airways, Lufthansa, Swiss International Air lines, United Airlines, Virgin Atlantic Airways, Oneworld, SkyTeam e Star Alliance já estão a adotar esta nova medida.