A OMS recomenda que se faça amor ao ar livre para evitar contágios da COVID-19. Afinal de contas, sabemos que o distanciamento social já é uma medida a ter em consideração e a colocar em prática há vários meses mas a verdade é que no ato amoroso, é difícil manter qualquer tipo de distanciamento e nesse sentido, a OMS veio mesmo dar algumas recomendações.

Como o distanciamento durante o acto é um conceito utópico, a Organização Mundial de Saúde apela às pessoas que colmatem esse problema e que tentem, quando possível e sem cometer atentados ao pudor, fazer amor ao ar livre.

Deste modo, mesmo sem o distanciamento, um espaço amplo e aberto torna mais difícil o contágio do novo coronavírus, promovendo assim um maior nível de segurança aos envolvidos.

A OMS também desaconselha, e de forma percetível, dados os tempos que vivemos, o amor em grupo.

Nota: Este é um artigo de carácter humorístico/satírico com o objectivo de fazer rir. A informação aqui veiculada não corresponde à realidade. É meramente ficcional.