Uma mulher quer casar com o seu porco de estimação. A mulher está a dar muito que falar e tudo isto porque tem o desejo de casar com o seu porco de estimação…

Ela explica que conheceu o porco quando era muito pequenina e que criou laços demasiado fortes com ele: “O Jorginho é o meu porco há muitos, muitos anos. Desde que me lembro de mim que me lembro dele. Não há mal em eu querer casar com um porco, porque grande parte dos homens conseguem ser mais porcos que os próprios porcos. Não fui eu que escolhi assim, mas o meu coração fala mais alto e eu sei que não consigo viver sem ele”.

A vizinhança já não estranha quando ela sai à rua com o porco Jorginho, sendo que ela não tem qualquer problema em mostrá-lo ao mundo. Quanto o casamento em si, o mais provável é que nunca seja consumado, pelo menos em termos legais…

Nota: Este é um artigo de carácter humorístico/satírico com o objectivo de fazer rir. A informação aqui veiculada não corresponde à realidade. É meramente ficcional.