Um jovem apanhou nas trombas de sete namoradas. Além de quebrar as restrições impostas à população com o alastrar da COVID-19 como ainda teve de ser hospitalizado depois de ter ficado com a cana do nariz rachada ao ser espancado pelas suas 7 (!) namoradas.

Consta-se que ele conseguia, ninguém sabe bem como, manter um “relacionamento” com todas elas e em 6 meses, de acordo com o próprio, tudo correu na normalidade até que ele teve um lapso que deitou tudo por água abaixo.

Hugo Freire explicou: “Estava a jantar num restaurante e recebi um vídeo hilariante no WhatsApp. Nunca tinha visto uma mulher a cuspir dentes de alho pela rata e senti que devia partilhar com as minhas meninas. O problema foi que me enganei e criei um grupo com elas todas, tendo enviado a mensagem: ‘Olha o que podemos fazer um dia destes, amor’”.

Pouco tempo depois, Hugo tinha as mulheres à porta do restaurante onde ele estava a comer e depois de perceberem que tinham sido enganadas, não tiveram meias medidas e agrediram-no, sendo que ele precisou mesmo de ser hospitalizado.

A moral da história aqui é simples: se virem alguém a cuspir dentes de alho pela rata, se calhar não partilhem com ninguém.