Uma idosa dada como morta ‘ressuscitou’ durante a noite na morgue. Uma funcionária da morgue do hospital de Gorshechensky, na Rússia, apanhou o susto da sua vida ao encontrar uma idosa, dada como morta pelos médicos, viva e fora da mesa de autópsias passadas algumas horas de declarada a sua morte.

Zinaida Kononova, de 81 anos, foi quem protagonizou a insólita ‘ressureição’ durante a noite. No dia seguinte, pela manhã, a funcionária da morgue chegou e “ficou em choque” ao encontrara a idosa viva, caída no chão depois de se ter tentado levantar da mesa de autópsias.

Um dos paramédicos conta que ouviu a funcionária a dizer “Calma, minha senhora, tem que se deitar, esteja quieta, eu vou ajudá-la!” e pensou que a colega “tinha enlouquecido” e estava a falar sozinha. Quando foi ver o que se passava ,ficou também ele, boquiaberto ao ver a idosa com vida, agarrada à mão da mulher, pedindo ajuda.