Holandeses fazem fila para comprarem erva antes que os coffe shops fechassem por causa do novo coronavírus. Em nova medida para tentar conter o novo coronavírus, o governo da Holanda determinou, no domingo (15), o fecho de vários tipos de estabelecimentos, inclusive dos coffeshops , onde é feito o comércio legal de maconha.

Diante da notícia, os consumidores da erva foram às ruas e formaram enormes filas, tanto em Amsterdão , capital do país, quanto em outras cidades. 

As filas para comprar erva formaram-se com bastante velocidade, minutos depois do anúncio, feito pelo ministro da Saúde, Bruno Bruins, em pronunciamento transmitido pela televisão.

Holandeses fazem fila para comprarem erva

“Eu estava literalmente assistindo a conferência de imprensa com o meu colega de apartamento e, então, desci as escadas. De repente, há uma fila de cerca de 30 pessoas e muitos carros a chegar”, afirmou uma mulher presente numa das filas, em entrevista à RFI.

Além dos coffe shops , a nova determinação também foi direcionada a estabelecimentos como bares e restaurantes. A Holanda tem pelo menos 20 mortes confirmadas e 1.135 casos de pessoas infectadas pelo novo coronavírus.