Uma grávida jurou não dar à luz até que o Sporting seja campeão. Gininha é uma fã do Sporting Clube de Portugal e não perde um jogo. Já no quinto mês de gravidez tem dado que falar nos últimos tempos.

Gininha promete com todo o afinco de que não vai dar à luz até que o Sporting seja campeão nacional. Ela diz que se o seu clube não for campeão, o bebé também não vem cá para fora…

“Eu vivo o Sporting Clube de Portugal, compreendem? Por algum motivo o meu pai me deu o apelido que me deu. Não foi em vão. Eu preciso que o meu clube seja campeão e já prometi que não vou dar à luz até que consiga finalmente ver o meu clube a ser campeão.

Não me importo que não seja este ano: se não for, ele não sai daqui. Não quero saber que ele nasça com um pé na testa e uma unha no olho que nem um rapazinho saído de Chernobyl. Ou que saia com a cara como se tivesse sido concebido numa combustão espontânea. O Sporting TEM de ganhar. E eu vou forçar os meus músculos vaginais para que ele não saia se não ganharmos – por algum motivo andei a fazer exercícios kegel.

Para além de tudo, já decidi. Ele vai chamar-se Rui Dost de Jesus Carvalho Peyroteo. Não há muito mais a dizer”.

Nota: Este é um artigo de carácter humorístico/satírico com o objectivo de fazer rir. A informação aqui veiculada não corresponde à realidade. É meramente ficcional.