Várias freiras foram expulsas após serem descobertas a trabalhar em casa de meninas. Uma das moradoras referiu que: “As coisas por aqui andam dificeis. Desde que os empresários vieram cá com as ideias de tornar isto na capital portuguesa que as coisas têm descambado. Acriançasna escola deixaram os computadores para irem às meninas e já nem na igreja há descanso…”

A moradora deu o seu testemunho depois de se ter vindo a saber que um grupo de freiras foi mesmo expulso da respectiva congregação porque andavam a trabalhar numa casa de meninas nas horas livres. Quem descobriu tudo foi o padre da paróquia, já que também ele “picava o ponto” em espaços do género.

Há quem afirme que as freiras devem ser castigadas pelo que fizeram e pela sua falta de devoção, então o padre também deve ser. Há quem diga que o padre “conhece todos os estabelecimentos do género num raio de 20 quilómetros”.

Nota: Este é um artigo de carácter humorístico/satírico com o objectivo de fazer rir. A informação aqui veiculada não corresponde à realidade. Qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência.

FONTETá Feio
Partilha
Partilha