Uma empresa de canábis pretende estagiário para experimentar cerca de 600 produtos. A”Emjay”, localizada nos Estados Unidos da América, quer um estagiário para experimentar os derivados da planta.

Segundo o jornal britânico Daily Star, o objetivo é que o mesmo tenha “a habilidade de escrever conteúdo criativo”, que seja “pontual e atento aos detalhes” e more Califórnia.

O valor a pagar será de 15 dólares por hora (cerca de 12 euros) e os derivados da planta serão facultados gratuitamente podendo o estagiário ter desconto se pretender aumentar as doses.

“Este estágio remunerado de três meses é o sonho de um fã de canábis que se torna realidade. Esta pessoa será responsável por escrever textos e comentários descritivos, únicos e criativos sobre uma ampla gama de produtos derivados da planta. Produtos comestíveis, vaporizadores (vapes), em planta e muito mais – os tipos de produtos irão percorrer a gama inteira“, revelou a empresa.

A empresa diz ainda que “o candidato ideal tem experiência de uso de canábis, experiência em escrever, criação de conteúdo digital e um desejo de usar a voz para ajudar a informar as massas. E-commerce, jornalismo e marketing são percursos profissionais desejáveis para esta função. Criatividade e paixão pois a canábis é obrigatória”