Um idoso colocou durante dois anos cartas num caixote do lixo a pensar que era a caixa postal. “Uma mulher que passeava com o cão aproximou-se de mim, bateu-me no ombro e perguntou o que eu estava a fazer. Ela segurou minha mão e disse que a caixa de correio ficava do outro lado da estrada.

Eu não tenho a visão que tinha antigamente, mas mesmo assim, a caixa de correio e o caixote do lixo são quase idênticas. Eles são ambos vermelhos, da mesma forma e presos a um poste.

Aposto que não sou o único aposentado a ficar confuso. Não deveriam estar tão próximos um do outro.”

cartas num caixote do lixo

O idoso enviou cartas a vários familiares durante dois anos e pensou que eles estavam a mentir quando diziam que não as tinham recebido.

Nota: Este é um artigo de carácter humorístico/satírico com o objectivo de fazer rir. A informação aqui veiculada não corresponde à realidade. Qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência.

Partilha
Partilha