Abrir a porta do carro pode parecer uma tarefa banal e até é, mas deves sempre fazê-lo com a mão direita. Não entendes porquê? Continua a ler e verás como faz todo o sentido.

A medida é simples, mas muito eficaz: se estás no lugar do condutor, ao sair deves abrir a porta do carro com a mão direita; se estás no lugar do pendura, ou seja, ao lado do condutor deves abrir a porta com a mão esquerda.

Normalmente é nos momentos de crise que surgem respostas criativas aos problemas.

Não é que esta situação seja uma crise, mas é um caso muito sério que provoca bastantes vítimas, especialmente os condutores de bicicletas que, enquanto circulam, são atingidos frequentemente por portas de carros que se abrem, sem que haja o mínimo de cuidado.

Em algumas cidades, esta situação é tão frequente que até já lhe foi dado um nome: dooring, porque os ciclistas levam com a porta (door em inglês) dos carros.

Em Amesterdão, existem mais bicicletas do que pessoas e por esta razão existem bastantes acidentes, quando as bicicletas se encontram com os carros.

Realmente, foi na Holanda que surgiu esta inovadora medida para tentar evitar esses encontros imediatos.

Abrir a porta do carro com a mão contrária ao lado em que estamos sentados, obriga o corpo a um movimento de rotação que resulta numa melhor observação do espelho retrovisor lateral e da rua, fazendo com que o condutor e passageiro prestem mais atenção à circulação das bicicletas e das pessoas, diminuindo assim drasticamente a possibilidade de abrir a porta no exato momento em que passe alguém.

A ideia parece demasiado simples para solucionar o problema, mas se experimentares verás que não é de todo absurda.

Em Nova Iorque, devido ao elevado número de carros, estão a ser colocadas em prática algumas medidas, como por exemplo ter autocolantes nos táxis para alertar a existência de ciclistas.

No entanto, a medida holandesa parece ser mais eficiente e é apoiada e mesmo sugerida pelo blog de design urbano 99% Invisible.

Nova Iorque e outras cidades deviam incentivar a medida holandesa a quem conduz e criar este hábito de abrir a porta com a mão contrária ao lado em que estamos sentados.

Também vais gostar destes:
Mulheres conduzem melhor do que homens, afirma estudo.
Eu quero estar solteira, mas contigo

Em Portugal há cada vez mais adeptos dos meios de transporte menos poluentes e, como tal, têm sido construídas cada vez mais ciclovias, para que os ciclistas possam circular com mais segurança.

Deste modo, seria uma boa sugestão começar a espalhar a ideia também por cá.
Se vais conduzir, pensa bem nisto. Experimenta e passa a palavra.